segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Trevos da sorte

O meu domingo começou às seis da manhã e terminou por volta da uma da manhã. Um dia cheio e em cheio. Iniciou com uma viagem grande e terminou com uma viagem pequena. Uma viagem pequena, porém grande no meu coração sonhador, intensa no seu sabor a chá de Inverno, na companhia de pessoas misteriosas, reservadas, interessantes, intimistas e que eu, percebo agora, que todos as deveriam ter nas suas vidas e uma dúvida no ar - será que o universo está a enviar-me, por ora, os meus trevos da sorte?

A resposta ser-me-à dada pelo tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário