sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Ainda sobre o dia de ontem

O dia de ontem terminou bem. As panquecas, sem a bendita frigideira anti-aderente, correram bastante bem e eu consegui levar a cabo duas panquecas bem fofinhas, saborosas e, para meu espanto, inteirinhas da silva. Depois fomos ao Hospital veterinário com o meu cãozinho amado e também está tudo bem. A doutora examinou, fez uma análise de sangue, fez um raio-x e detetou uma pequena infeção nos seus pequeninos pulmões - uma bronquite. Agora está a antibiótico e volta daqui a oito dias para verificar se está melhor e para confirmar se não é nada crónico. Como animal adoptado que é, torna-se complicado por que não fazemos ideia do passado de patologias dele. Também levou uma coleira peitoral ao invés da coleira tradicional no pescoço, tudo para não esforçar mais a traqueia. 

                                                   O meu menino é igual a este, mas maiorzinho. :)

Escusado será dizer que estive o dia inteiro bastante nervosa com isto do meu menino, porém tudo finalizou pelas oito horas, connosco em casa aconchegados do frio imenso da rua e com um jantar saudável para todos. No final da noite, uma conversa agradável com pessoas agradáveis, invulgares e misteriosas, tal como se quer. E claro, a minha novela páginas da vida, maravilhosa. Também ela, diferente, invulgar e realista.

2 comentários:

  1. Como é que só agora me apercebi que voltaste a escrever?!
    Shame on me!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que está tudo relativamente bem com o teu cãozinho :) Eu também vou passar o fim-de-semana a ter conversas assim, mas no meu caso é com os amigos do Pedro da Benedita, que são pessoas mesmo interessantes! Adoro ir para a Benedita só para poder estar com eles, até parece mal dizer isto mas é verdade :P

    Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana! :D

    ResponderEliminar