segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Dias em casa

Hoje lá me fui apresentar ao desemprego. Nesta situação é normal passar muito mais tempo em casa. Não tenho dinheiro para férias fora da terrinha. E não me importo, nada. Eu gosto, claramente, de estar em casa, sempre fui caseira, porém não consigo fazer 24 horas de casa. Não consigo estar de pijama o dia todo. Parece que estou doente. Tenho que me vestir, cuidar-me, limpar tudo ao meu redor, manter-me ativa. Fazer aquilo que, a meu entender, é o mínimo para estar bem e em pleno. Não gosto de estar enfiada na cama o dia inteiro. Nem o faço! E também odeio estar fechada em casa um dia inteiro. Gosto muito de ter as minhas rotinas, levanto cedo, tomo um bom pequeno-almoço, visto-me, lavo a casa, vou ao ginásio, passeio um pouco que seja, actualizo-me e traço metas para o meu futuro. Seja semana, seja feriado, seja fim-de-semana, seja Natal, seja passagem de ano, seja carnaval, seja páscoa. Esta sou eu.


2 comentários:

  1. Eu também não gosto nada de ficar todo o dia fechada em casa, parece que fico mole. Quanto menos faço menos me apetece fazer ;) Nem que saia só para comprar uma coisinha ao outra, acho que é preferível a ficar em casa todo o dia ;)

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Olá! Lamento o desemprego, e desejo q voltes a ter trabalho e a preencher ainda mais os dias. Está atenta ao portal Era Careers, quem sabe possas ver lá algum anúncio de trabalho ou bolsa q te interesse. Força:)

    ResponderEliminar