quarta-feira, 25 de abril de 2012

Confissões da minha mente

Gosto tanto de fazer limpezas. Talvez o faça porque ame contemplar o resultado de uma boa faxina. Talvez o faça porque me liberta stress, ralações, preocupações e mais sentimentos tristes, não necessariamente terminados em "ões".

Se vocês soubessem o esforço que eu faço [a todo o momento] para me conhecer verdadeiramente e descobrir aquilo que realmente quero, perceberiam, certamente, o quão é fácil lutar por aquilo que se deseja.

4 comentários:

  1. Olá Mia!

    Respondi ao teu comentário, mas achei melhor vir aqui... O que sugeres, então?:)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Hey :D
    Duas fatias de pão mais consistente (pão de centeio, integral, rústico tudo menos pão artificial), torradas por exemplo, leite com café, por exemplo mais uma peça de fruta. Que me dizes? ehehe!

    ResponderEliminar
  3. Olá! :)

    Não conhecia o teu blog, mas estou a gostar de conhecer e vou passar por aqui mais vezes :)

    Eu também adoro limpar. Não sou maníaca das limpezas (porque não tenho tempo para isso), mas limpar a casa relaxa-me, diverte-me, distrai-me, e fica tudo limpo, o que é sempre uma grande vantagem :D

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Não gosto de fazer limpezas, detesto. Mas percebo muito bem a 2ª parte do post. A maior parte das vezes também eu ando por aqui sem saber bem o quê. Às vezes sinto que ando a brincar às casinhas, a inventar coisas e objectivos, quando todas as outras pessoas sabem exactamente o que devem fazer...

    ResponderEliminar