domingo, 19 de fevereiro de 2012

Chato

Adormeci. Acordei com uma sensação de desespero. Horrível. Como se a minha alma dissesse aos berros, tira-me daqui, eu não pertenço aqui, estou sozinha. Não sei explicar. Como se estivesse num sítio estranho. Esta casa... O meu trabalho... Eu nunca soube realmente aquilo que quero profissionalmente falando. Essa é a mais pura das verdades. Não sou daquelas pessoas que desde de pequenina quer ser isto ou aquilo. E ainda não lutei por algo novo, porque não faço ideia de aquilo que quero fazer para sempre e isso incomoda-me. Actualmente estou feliz porque trabalho. Mas não amo aquilo que faço como aquelas pessoas que sempre souberam a profissão que queriam. Acho que tenho o direito de estar feliz porque trabalho. Faço e tento fazer bem. Mas não é a actividade que mais goste de fazer, na verdade.

Ok devaneios... Tenho que mudar urgentemente de casa. ... :-(

2 comentários:

  1. Esses pensamentos, essas dúvidas são normais, não desesperes! :)

    ResponderEliminar
  2. Eu, na minha modesta opinião acho que é a adaptação.E viveres com pessoas do outro mundo e provavelmente não puderes fazer as coisas á tua maneira.
    Eu tambem ando um bocadinho murcha por causa da adaptação á universidade. é difícil mas vai, tenho a certeza.
    Contigo tambem pode ser assim. Dá tempo ao tempo, foca te nas coisas importantes e em trabalhares por prazer e nao por obrigação. Encontra o teu equilíbrio, procurar estar calma e sentir paz dentro de ti, e tudo vai ficar melhor.
    A vida é mesmo isso, adaptar mo nos ás situações ultrapassar tudo, sempre para conseguir mos ser felizes. é para isso que cá estamos.
    Força!

    ResponderEliminar