domingo, 25 de dezembro de 2011

Não virar a cara

Não virar a cara a uma luta, como diz a grande Rita. Passei o Natal e a semana que antecedeu de volta do trabalho, mas ainda falta muito. estou de volta dos cálculos há alguns dias a fio. pedi ajuda, tentei, esborratei lápis na folha, borracha gasta, falhei as pilhas da máquina. Não, não sei se isto vai bem. E também, muito menos sei se este será o melhor trabalho apresentado na empresa. Apenas sei que o quero fazer o melhor que possa, neste momento. Para ficar com a minha consciência tranquila e em paz. Lo que sera, sera. estamos juntos. Tenho aquela sensação de erro por ter apagado o mister big da minha lista do facebook, é miudice minha, eu sei. mas tenho essa sensação. e nem fui eu directamente, foi o sistema do facebook porque o bloqueei e desbloqueei depois a seguir. mas sinto como mais um erro meu. porque já cometi tantos em relação a 'dispensar pessoas'. Sim, também já fui uma menina má e feia. para ele nunca fui. fui sempre a melhor pessoa. ele sabe disso. e fiz-lhe isto agora, talvez seja nada comparado ao que ele me fez passar. da forma como fez, só. porque deixar de gostar é legitimo.  

Obrigada a quem acompanha a minha vida, as minhas miudices e as minhas lutas aqui. sabe bem, acreditem.

4 comentários:

  1. A dúvida e a incerteza são uma constante na vida, Mia, mas a persistência e o esforço nestes momentos são qualidades que nos tornam fortes (:

    Estás a dar o teu melhor, isso é o mais importante.

    Quanto ao facebook, já me aconteceu algo semelhante há uns anos, a rede social acabou por fazer o trabalho por mim, mas a verdade é que nas alturas em que me apetecia ir ver como ele estava tão feliz com a outra, felizmente não dava e consequentemente não me martirizava (:

    **

    ResponderEliminar
  2. Talvez terá sido o melhor, assim não te sentes tentada a ver como ele vai porque ver quem já fez parte da nossa vida seguir em frente e ser feliz primeiro que nós custa!(não por egoísmo mas porque acho que mereciamos ter essa oportunidade primeiro como recompensa da magoa que tivemos)Como diz o ditado: "longe da vista, longe do coração!"

    ResponderEliminar
  3. Eu tb fiz o mesmo e nao me arrependo, temos de pensar sempre o melhor, para nos.beijinho

    ResponderEliminar
  4. Amelie - és muito terra-a-terra e genuína :)

    Cheia de Graça - o que se passa com o teu blogue? não recebo as actualizações, poh. Tens razão :S

    Maria Nunes - maria e na altura doeu não foi? E depois passou.. ain. mas já estou bem melhor.

    :)

    ResponderEliminar