quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Do post da rititi - ou de como as mulheres sabem o que lhes interessa

A Rititi critica a campanha da triumph neste post. Diz que é magricelas demais a Luísa Beirão. Que a barriga está demasiado para dentro e os ossos demasiado em evidência. E que isso não é bonito. Ah não é bonito? Não? Uma mulher que já teve filhos, dois creio, ter um corpo extremamente trabalhado e bem cuidado não é bonito? Sejam horas de ginásio a fio, seja boa alimentação, seja genética - desculpem-me mas eu acho bonito. Sim. A rititi e muitas das mulheres que o criticam, talvez não tenham este belo corpinho e queiram assim muittttttto tê-lo. Ah pois, se o tivessem, com certeza, que não criticavam. Porque percebemos que ter uma barriguinha para dentro e um corpo em forma não é coisa do demo. Pois que não, não é. Eu não tenho o corpinho da Luísa Beirão, mas lá que queria, ai isso queria muito. É bonita. A Rititi é inteligente, uma metáfora perfeita do que é ser mulher - inteligência, convém-nos tanto criticar isto. Convém-nos tanto que os homens gostem de nós imperfeitas e mais rechonchudas. Porque para algumas será utópico horas a fio no ginásio, alimentação cuidada e ter este corpinho em dia. Pois. Ai as mulheres, as mulheres.

2 comentários:

  1. Eu não acho aquele tipo de corpo o mais bonito... sempre gostei de mulheres com formas mais redondas, sem ossos à mostra. mas que o texto dela exagerou, lá isso exagerou...

    ResponderEliminar
  2. O post da rititi fez-me rir, de facto. Embora me parecesse um pouco "agressivo". Isto de mulheres magras, gordas, altas, baixas, loiras, morenas é assunto para me deixar nauseada. As magras vão querer sempre ter mais um chicho de cu e as gordas vão querer sempre ter a barriga para dentro. É o eterno dilema.

    Quanto às moças da campanha, estão lá para vender lingerie e não o corpinho, por isso, já que são um "feixe de ossos" não se percebe como desviam a atenção do produto que estão a vender. Hum, o querer ter sempre o que o outro tem cega-nos, queridas mulheres.

    **

    ResponderEliminar