quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Hoje fui correr

Pensei sim senhor, vamos lá desafiar a chuva e investir numa boa e velha corridinha que tanto me 'abre a pestana. Lá fui. Os meus vizinhos devem achar que me meti numa maratona manhosa, há uns bons tempos para cá que volta e meia me vêm a correr feita doida [sempre a um ritmo não-acelera-mais-que-estraga]. 
Foi a única coisa que fiz hoje de interessante. E almoçar com o meu avô e estar com a minha avó [amo].
Merdas de quem tem a vida em stand-by. Ninguém me contacta para entrevistas depois de 300 curriculuns enviados. Ninguém quer dar uma oportunidade a uma miúda de 23 anos como eu. Porquê? Eu vou trabalhar para cafés, pastelarias e gelatarias de Verão, mas de Inverno isto fere-me, aqui no fim-do-mundo só existe trabalho de verão. No inverno só pedia um trabalho na minha área de formação em Lisboa/Beja/Algarve, vá. Eu vou, calma. Eu vou. Liguem-me pessoas do marketing, publicidade ou RH. 
Os dias prendem-se em nostalgias, programas de televisão manhosos, a tristeza nos olhos dos meus avós [pela perda] e eu fico tão perdida no meio disto tudo.

1 comentário:

  1. Acredito que estar nesse impasse não seja nada fácil! Mas sempre vais tendo tempo para essas pequenas-grandes coisas do dia a dia :)
    ´Beijinho

    ResponderEliminar